A revolução da medicina regenerativa está nos dentes de leite

A revolução da medicina regenerativa está nos dentes de leite

O mercado de bancos de células-tronco existe há aproximadamente 15 anos no mundo e iniciou quando a ciência entregou à sociedade a oportunidade dos pais armazenarem, no momento do parto, o sangue do cordão umbilical.

A célula-tronco é sem dúvida a protagonista da medicina do futuro nos tratamentos de doenças degenerativas, testes de drogas, gerando mais medicamentos de melhor qualidade e em menor prazo, testes de cosméticos e a construção de órgãos para a possibilidade de transplantes, reduzindo a fila dos mesmos e, ainda, acabando com a falta de sangue nos hospitais.

A célula-tronco ideal é aquela chamada multipotente, pois apresenta marcadores que indicam a possibilidade de formar os mais diversos tecidos: ósseo, cartilaginoso, muscular e até mesmo nervoso. Uma das suas características principais é sua rápida divisão sem o risco de formar tumores.

Essa célula-tronco existe e está presente nos dentes decíduos (de leite) em qualquer criança. Isso significa que para as crianças de hoje a medicina regenerativa irá oferecer uma revolução em saúde e qualidade de vida.

Já não há mais dúvida quanto aos avanços que estão sendo alcançados nas áreas da pesquisa quanto a grande importância que isso representa para a humanidade.

Para que a célula-tronco do dente decíduo possa ser aproveitada existem alguns critérios a serem seguidos na realização da extração do dente, que deverá ser agendada com um dentista credenciado a empresa que fará a expansão e criopreservação das células-tronco.

Se seu filho está em período de troca dos dentes, aproveite esse momento em que ele ainda possui essa importante fonte de células tronco.

Texto Elaborado pela Dra Marilda Moreira Almeida Salviano

Tel: 3252-6321

www.cdagoiania.com.br